COMUNICADOS DA DIREÇÃO PEDAGÓGICA 2019-2020

PLANO DE E@D E INÍCIO DO 3.º PERÍODO LETIVO – 2019-2020

Caros Encarregados de Educação,
No próximo dia 14 de abril iniciaremos o 3º período letivo e novos desafios se avizinham.
Encerrámos o 2o período num contexto de exceção e com o país (e o mundo) mergulhados num estado de emergência sanitária e que nos afeta a todos em inúmeras dimensões.
Elaborámos o nosso Plano de E@D (ensino à distância) convictos de que muito ainda há a fazer e a melhorar para que possamos continuar a garantir o serviço de ensino de excelência a que sempre nos propusemos e tendo como base todas as orientações, recomendações e recursos disponibilizados pela Direção Geral de Educação (DGE).
Para mais informações, clique aqui.

AVALIAÇÕES DO 2.º PERÍODO

Caros Encarregados de Educação,
No que diz respeito à avaliação do segundo período, esta assentou nos pressupostos da modalidade contínua que os documentos orientadores do IDJV preconizam, uma vez que as atividades letivas presenciais foram praticamente cumpridas, faltando apenas duas semanas até à interrupção da Páscoa quando o Governo determinou o encerramento das escolas. 
Para visualizar o documento na íntegra, clique aqui.

PROJETO EDUCATIVO

O Projeto Educativo é o principal documento de referência da escola, constituindo-se como o núcleo de ação da mesma. Enquanto instrumento de autonomia, o seu conteúdo traduz a orientação educativa da escola e explicita os princípios, os valores, as metas e as estratégias a médio prazo, em ciclos de três anos, segundo os quais o Instituto D. João V se propõe cumprir a sua função educativa. 
Para visualizar o documento na íntegra, clique aqui.

REGULAMENTO INTERNO

O presente regulamento aplica-se a todos os elementos que constituem a comunidade escolar e define a estrutura e regime de funcionamento do Instituto D. João V, doravante designada por IDJV, tendo por objeto:
a) O desenvolvimento do disposto na Lei n.º 51/2012 de 5 de setembro (Estatuto do Aluno) e demais legislação de caráter estatutário;
b) A adequação à realidade da escola das regras de convivência e de resolução de conflitos na respetiva comunidade educativa;
c) As regras e procedimentos a observar em matéria de delegação das competências do diretor, nos restantes membros do órgão de administração e gestão ou no conselho de turma.
Para além do enunciado no número anterior, dispõe, entre outras matérias, quanto:
a) Aos direitos e deveres dos alunos inerentes à especificidade da vivência escolar;
b) À utilização das instalações e equipamentos;
c) Ao acesso às instalações e espaços escolares;
d) Ao reconhecimento e à valorização do mérito, da dedicação e do esforço no trabalho escolar, bem como do desempenho de ações meritórias em favor da comunidade em que o aluno está inserido ou da sociedade em geral, praticadas na escola ou fora dela;
e) e à avaliação das aprendizagens dos alunos.  
Para visualizar o documento na íntegra, clique aqui.